Uso de fonte renovável acelera resultados na indústria



A indústria vem se esforçando para reduzir o nível de emissão de gases de efeito-estufa. Segundo levantamento da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), o setor responde por 6% das emissões totais no país, apesar de uma participação de 20,4% no PIB. O resultado se dá, em grande parte, em função da utilização em larga escala de fontes renováveis.

A meta é obter resultados melhores, especialmente nos segmentos de maior impacto ambiental. Cimento, siderurgia, vidros, papel e celulose, química e alumínio respondem por 85% das emissões totais da indústria.


Na siderurgia, por exemplo, uma das principais estratégias é o uso de carvão vegetal, hoje aplicado em 12% da produção de aço no país.


Fonte: Valor