O PRODUTO

A sustentabilidade é a capacidade de prosperar e se perpetuar no tempo.

Essa definição também pode ser usada para caracterizar a cerâmica. Afinal, a sua fabricação é a mais antiga das indústrias, tendo se iniciado de 10 a 15 mil anos atrás. Nossos antepassados usavam a cerâmica para armazenar água, alimentos e sementes, recursos essenciais para a sobrevivência do homem.

E, hoje, no momento em que o desenvolvimento sustentável ganha cada vez mais importância na agenda das pessoas, dos negócios e da sociedade, a cerâmica brasileira se destaca por seus atributos de sustentabilidade.

 

Atributos de sustentabilidade da cerâmica

A cerâmica brasileira apresenta qualidades que estão em conexão direta com a sustentabilidade.

A cerâmica tem uma vida útil de 50 anos, contra:

> 6 anos do carpete,

> 10 anos do piso vinílico e

> 15 anos do piso de madeira

fonte: University of Modena and Reggio Emilia, Comparative life cycle analysis (LCA) between different types of floor covering, 2012, citado por Cofindustria Ceramica

Selo da Qualidade

O Selo da Qualidade para Porcelanato está em total sintonia com a Iniciativa Anfacer + Sustentável.

Foi criado pela ANFACER com o objetivo de orientar clientes e consumidores sobre as características do porcelanato e diferenciar os produtos que atendam aos requisitos da norma ABNT NBR 15463.
Trata-se de um compromisso da ANFACER com a melhoria crescente da qualidade dos produtos cerâmicos oferecidos ao mercado nacional e internacional.

Conformidade setorial

Cerca de 90% da produção nacional de revestimento cerâmico é certificada no Sistema Nacional de Conformidade do Inmetro.

Trata-se de movimento apoiado pela ANFACER para alavancar a qualidade setorial e que se tornou um case em vista de ser um sistema de conformidade voluntário.
Para impulsionar a busca pela conformidade, o Centro Cerâmico do Brasil desempenha um papel estratégico. O CCB foi criado para desenvolver e implantar normas técnicas e certificar a qualidade dos produtos cerâmicos e dos sistemas de gestão. Além disso, o CCB atua como um centro tecnológico do setor de construção civil, contando com o LabCCB, laboratório que reúne equipe altamente qualificada, e o Núcleo de Inovação em Produtos e Design. Hoje, o CCB é uma referência mundial de controle, conformidade e ensaios laboratoriais, representando o Brasil na delegação da ISO TC 189. 

Manual de desempenho

A norma ABNT NBR 15575:2013 representa um marco para a construção civil brasileira na direção da conformidade técnica dos materiais, da qualidade das edificações e do respeito ao consumidor.

Tendo como pilares a segurança, a sustentabilidade e a habitabilidade, a norma engloba conceitos como vida útil, garantia legal, garantia certificada e prazos de garantia, bem como definiu as responsabilidades dos projetistas, dos construtores, dos incorporadores, dos fornecedores de produtos, contribuindo para a orientação dos consumidores e dos fornecedores, o embasamento de laudos técnicos e a fundamentação de decisões judiciais.
Para apoiar os seus associados no entendimento e no atendimento da Norma de Desempenho ABNT NBR 15575, a ANFACER criou o Manual Setorial de Desempenho, com o apoio do Centro Cerâmico do Brasil (CCB).
O Manual oferece um conjunto de dados, comprovações técnicas e ensaios laboratoriais alinhados com as exigências da norma na aplicação e no uso de pisos e vedações verticais nos sistemas construtivos, uma vez que o desempenho, os projetos e a especificação de materiais em edificações passam a ter uma enorme importância na definição da vida útil dos sistemas e componentes na edificação, impactando toda a cadeia de valor do setor de construção, os arquitetos, os engenheiros e os consumidores.

Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos, Louças Sanitárias e Congêneres

Al. Santos 2300, 10º Andar    São Paulo/ SP - Brasil    CEP: 01418-200

T + 55 11 3192 0600

ANFACER

MAPA DO SITE